Adalto Conceição pede bloqueios sanitários nas entradas de Auriflama

Adalto Conceição pede bloqueios sanitários nas entradas de Auriflama
Vereador utilizou a tribuna da Câmara Municipal para fazer a indicação verbal
526Shares

AURIFLAMA – Durante a sessão ordinária realizada nesta segunda-feira, dia 18, o vereador Adalto Pereira dos Santos, o Adalto Conceição (PP), utilizou as redes sociais para sugerir à Prefeitura Municipal que implantasse bloqueios sanitários nas vias de entrada da cidade, afim de testar se visitantes estão infectados com o coronavírus e evitar a proliferação do vírus no município.

Curta o Diário Noroeste no Facebook

Para justificar seu pedido, o vereador utilizou o exemplo da cidade de Riolândia, localizada há 148 quilômetros de Auriflama, que implantou a medida. “Eles colocaram uma ambulância e profissionais de saúde nas entradas da cidade e fazem a testagem em visitantes”, explicou.

“Estive lá e fui parado pelo bloqueio. Aproveitei para questionar a enfermeira responsável pelo trabalho em Riolândia e ela me disse que, caso a cidade tenha registro de casos do coronavírus, eles saberão a origem do contágio”, completa.

Apesar de não ter casos confirmados no município, a circulação de pessoas de outras cidades preocupa o vereador, já que há confirmações de coronavírus em General Salgado, Guzolândia, Gastão Vidigal, Pereira Barreto, Sud Mennucci, Palmeira do Oeste, dentre outras cidades do entorno de Auriflama.

Boletim

No final da tarde de ontem (18), a Prefeitura de Auriflama divulgou o último boletim epidemiológico onde aponta que a cidade não possui nenhum caso suspeito e nenhum caso confirmado de Covid-19.

Na nota, a Prefeitura também informa que irá divulgar o informativo apenas duas vezes na semana, às segundas e às sextas-feiras.

Gastos

A Prefeitura também lançou os gastos com o enfrentamento da pandemia, após ser notificada pelo Tribunal de Contas do Estado de São Paulo e correr o risco de ser multada em até R$ 55 mil reais.

Siga o Diário Noroeste no Instagram

Na página, disponibilizada no Portal da Transparência, aparecem investimentos em propaganda volante, instalação de tenda e compras de equipamentos como máscaras e álcool em gel.

Leia mais notícias da região em Diário Noroeste.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *